Sabe como é o pedido de desculpas perfeito (ou quase)?

Sabe como é o pedido de desculpas perfeito (ou quase)?

Todos nós precisamos, vez por outra, pedir desculpas a alguém. Esta atitude não é simples para muitas pessoas e, mesmo para aquelas que não têm dificuldade em pedir desculpas, o ato em si pode gerar bastante ansiedade. Qual é a melhor forma de me desculpar? Será que o outro vai compreender ou me perdoar? Existe o pedido de desculpas “perfeito” (ou quase)?

Um modelo simples e eficaz de pedir desculpas inclui três etapas:

1 - dizer o motivo pelo qual você está pedindo desculpas

(ex: “desculpa por não ter ido à sua festa de aniversário” ou “desculpa não ter entregado ainda o relatório que você solicitou”);

2 - explicar o motivo do seu remorso

(ex: “sei o quão animado você estava para comemorar” ou “sei que você precisava desses dados para fechar o orçamento”);

3 - apontar uma solução

(ex: “gostaria de poder marcar um jantar com você em breve” ou “vou terminar o relatório amanhã sem falta e farei o possível para entregar os próximos no prazo estipulado”).

Para que um pedido de desculpas seja eficaz existem ainda outros elementos a serem levados em consideração:

  1. Desculpas devem ser pedidas ao vivo ou, caso isso não seja possível, por telefone. Evite a todo custo e-mails e, pior ainda, mensagens de texto via WhatsApp ou outros meios digitais. Mensagens escritas suprimem tom de voz, um elemento essencial de qualquer pedido de desculpas, e demonstram pouco esforço da sua parte;
  2. Quanto antes você pedir desculpas melhor. Naturalmente, um pedido de desculpas muito tempo depois é melhor do que nada, mas surte menos efeito;
  3. Não minimize o sentimento do outro, nem se justifique. Evite frases como “desculpa SE eu fiz com que você se sentisse assim” ou “desculpa, MAS…”. Apenas reconheça o erro das suas ações (ou não ações), aceite a responsabilidade e mostre que você está disposto a mudar;
  4. Resista à tentação de trazer à tona todos os erros que a outra pessoa cometeu contra você no passado, pois isto só piora as coisas. Foque no SEU pedido de desculpas e nos fatos da situação atual;
  5. Não encare o pedido de desculpas como “perder” ou ganhar”. Desculpar-se não é a mesma coisa que dizer “você está completamente certo”, apenas demostrar que você valoriza mais a relação do que seu próprio ego. Esta dica é especialmente importante para casais;
  6. Não culpe o outro pelas suas ações. Dizer “eu não teria feito isso se você não tivesse feito aquilo” demonstra que você não está aceitando a responsabilidade pelas suas ações e invalida o pedido de desculpas;
  7. Em casos de erros mais graves, espere ter que pedir desculpas múltiplas vezes. Desculpar-se apenas uma vez e esperar que tudo volte ao normal pode não ser realista. Desculpar-se mais de uma vez reduz, paulatinamente, a raiva que a outra pessoa pode estar sentindo de você e ajuda a restabelecer a confiança entre as partes;
  8. Seja claro em como você pretende mudar seu comportamento para que erros como esse não voltem a acontecer no futuro. E, mais importante ainda, realmente mude;
  9. Ao pedir perdão, você está dando ao outro a chance de reagir e responder, aceitar ou não o pedido de desculpas. Dê tempo ao tempo, mas mesmo que você não seja perdoado, o gesto em si já conta muito.

Receber um pedido de desculpas genuíno faz com que o outro se sinta escutado, reconhecido, compreendido, valorizado e validado nos seus sentimentos. No entanto, mesmo levando em consideração todas as dicas acima, existe a possibilidade de que o seu pedido de desculpas não seja aceito e é importante entender o motivo disto. Talvez a pessoa precise de mais tempo (neste caso você pode continuar pedindo desculpas), ou ache que a sua oferta de reparação não é suficiente (você pode perguntar diretamente à pessoa do que ela precisa para te perdoar sinceramente).

É preciso respeitar o outro e entender que vão existir situações onde você não será perdoado. Nestes casos a única coisa a se fazer e dizer à pessoa que você gostaria de continuar falando com ela, caso ela mude de ideia no futuro. Depois disso, não insista e deixe a pessoa em paz.

Em suma, pedir desculpas não é fácil, mas as dicas acima podem ser úteis em facilitar o processo. No final das contas, o poder de um pedido de desculpas está na sua intenção, generosidade e sinceridade. É um gesto de amor com você e com o outro. Muitos vínculos de afeto podem ser fortalecidos.

Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Alguns artigos do mesmo tema