Relacionamentos amorosos à distância funcionam?

Relacionamentos amorosos à distância funcionam?

Antigamente vistos como uma exceção, relacionamentos amorosos à distância têm se tornado uma experiência cada vez mais frequente, sobretudo depois do advento da internet e dos aplicativos de namoro, que permitem que você conheça pessoas do mundo inteiro. Em outros casos, pode ser que um dos membros do casal precise mudar de cidade por motivos familiares, de trabalho ou estudo, por exemplo.

Ao contrário do que sugere o senso comum, estes tipos de relacionamentos não estão fadados ao fracasso. Alguns estudos demostram, por exemplo, que pessoas em relacionamentos amorosos de longa distância apresentam níveis maiores de satisfação, comunicação positiva e intimidade. (1)

No entanto, estes relacionamentos também apresentam dificuldades específicas, tais como falta de convívio diário (importante para formar e manter vínculos), idealização do outro (você pode acabar se relacionando com quem deseja e não com quem existe), dificuldades financeiras (o ir e vir das viagens acaba sendo dispendioso), e emoções extremas (saudade, solidão, ciúme, insegurança, dúvidas, medo ou raiva da situação ou do parceiro).

Mas o que todos se perguntam é: como fazer estes tipos de relacionamentos funcionarem? Seguem abaixo algumas dicas da psicologia e de pessoas que já passaram por esta experiência.

  • Mantenha contato frequente: pode ser por telefone, aplicativos de mensagem ou chamadas de vídeo. O que funcionar melhor para o casal em termos de tempo e frequência. O importante é manter o outro a par da sua vida e da sua rotina.
  • A comunicação deve ser clara e aberta: seja honesto com relação às suas expectativas e necessidades. Estabeleçam limites e regras sobre o que é aceitável ou não no relacionamento.
  • Seja confiável: cumpra suas promessas e mantenha aquilo que foi previamente combinado. Não dê motivos para que o outro fique com ciúme e se sinta inseguro.
  • Façam coisas juntos: hoje em dia é possível, por exemplo, assistir filmes e séries ao mesmo tempo em diversas plataformas de streaming. Outras ideias são jogar jogos online, cozinhar juntos a mesma receita, ler o mesmo livro, ouvir a mesma música. O importante aqui é ser criativo e espontâneo, compartilhando o máximo de atividades possível.
  • Pense nos pontos positivos de estar em um relacionamento à distância: você pode dedicar mais tempo à sua família, amigos, trabalho ou hobbies.
  • Façam planos concretos para encontrar-se sempre que possível (de preferência várias vezes ao ano).
  • Tenham um objetivo final ou plano em mente: ainda que alguns relacionamentos amorosos à distância perdurem assim por muitos anos, na maioria dos casos é importante conversar sobre como e quando vocês finalmente ficarão juntos (se esse for o desejo do casal, naturalmente).

 

Não há dúvidas de que existirão dias em que o relacionamento parecerá particularmente difícil e você pode ficar tentado a tomar decisões impulsivas, tais como terminar a relação ou então abandonar tudo na sua cidade de uma hora para outra para estar com seu parceiro. Mas lembre-se: vocês estão separados temporariamente por um motivo e é importante não deixar que meses ou anos investidos no relacionamento se percam. Seu relacionamento ficará mais forte a longo prazo se vocês tomarem decisões com calma e fizerem as mudanças necessárias com paciência.

(1) Dargie E, Blair KL, Goldfinger C, Pukall CF. Go long! Predictors of positive relationship outcomes in long-distance dating relationships. J Sex Marital Ther. 2015;41(2):181-202.

Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Alguns artigos do mesmo tema