Blog

Blog

Terapia afirmativa ou terapia LGBTQIA+

O preconceito social e o estigma em relação aos não heterocisnormativos são tão presentes ainda no Brasil e em diversos outros países, que há anos vêm sendo realizadas pesquisas e estudos conduzidos por psicólogos sobre o que denominou-se “terapia afirmativa”, uma condução terapêutica específica para pessoas LGBTQIA+.

Leia mais »

Codependência: os perigos do excesso de “amor”

Codependência é um transtorno emocional de dependência do indivíduo, quando é criado um vínculo excessivo a ponto de trazer prejuízos na vida do codependente. Quem já ouviu falar, geralmente relaciona o termo a casais, mas ele pode acometer qualquer relacionamento, seja entre casais, familiares ou entre amigos.

Leia mais »

Autossabotagem: o medo constante do fracasso

Você já parou para pensar em quem realmente tem boicotado seus sonhos? A autossabotagem, mesmo que inconsciente, é uma ação comum e faz com que a própria pessoa crie empecilhos que a atrapalham em atingir seus objetivos. Autossabotagem pode ser definida como uma série de comportamentos involuntários e negativos que uma pessoa pratica contra si mesma e suas próprias vontades.

Leia mais »

TDAH na fase adulta: desafios e estratégias!

O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) foi considerado por muito tempo uma condição que só afetava crianças e adolescentes. Segundo a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), a constatação de que o transtorno pode permanecer também na fase adulta foi estabelecida apenas nos anos 90. No entanto, ainda é muito comum a associação do TDAH com

Leia mais »

Por que as mulheres não se separam, mesmo querendo se separar?

Certamente uma separação é difícil para ambas as partes, mas para a mulher pode ser ainda mais complicada. Por mais que a sociedade tenha avançado em termos de igualdade de gênero, muitas mulheres ainda se encontram em posição de dependência – financeira e/ou emocional – do marido. Essa dependência é uma grande barreira que, muitas vezes, leva à manutenção de um casamento infeliz e, até mesmo, abusivo.

Leia mais »

Como identificar um relacionamento abusivo

Engana-se quem pensa que o relacionamento abusivo se restringe somente aos casais, no âmbito romântico. Ele pode acontecer também entre amigos, família e no trabalho. Mas, o que caracteriza o relacionamento abusivo?
Quando uma pessoa se aproveita da vulnerabilidade ou fragilidade da outra, ou tenha qualquer comportamento com a intenção de intimidar, manipular, humilhar, magoar ou ferir o outro, isto pode ser considerado um comportamento abusivo.

Leia mais »