Codependência: os perigos do excesso de “amor”

Codependência é um transtorno emocional de dependência do indivíduo, quando é criado um vínculo excessivo a ponto de trazer prejuízos na vida do codependente. Quem já ouviu falar, geralmente relaciona o termo a casais, mas ele pode acometer qualquer relacionamento, seja entre casais, familiares ou entre amigos.

Autossabotagem: o medo constante do fracasso

Você já parou para pensar em quem realmente tem boicotado seus sonhos? A autossabotagem, mesmo que inconsciente, é uma ação comum e faz com que a própria pessoa crie empecilhos que a atrapalham em atingir seus objetivos. Autossabotagem pode ser definida como uma série de comportamentos involuntários e negativos que uma pessoa pratica contra si […]

TDAH na fase adulta: desafios e estratégias!

O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) foi considerado por muito tempo uma condição que só afetava crianças e adolescentes. Segundo a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), a constatação de que o transtorno pode permanecer também na fase adulta foi estabelecida apenas nos anos 90. No entanto, ainda é muito comum […]

Por que as mulheres não se separam, mesmo querendo se separar?

Certamente uma separação é difícil para ambas as partes, mas para a mulher pode ser ainda mais complicada. Por mais que a sociedade tenha avançado em termos de igualdade de gênero, muitas mulheres ainda se encontram em posição de dependência – financeira e/ou emocional – do marido. Essa dependência é uma grande barreira que, muitas vezes, leva à manutenção de um casamento infeliz e, até mesmo, abusivo.

Como identificar um relacionamento abusivo

Engana-se quem pensa que o relacionamento abusivo se restringe somente aos casais, no âmbito romântico. Ele pode acontecer também entre amigos, família e no trabalho. Mas, o que caracteriza o relacionamento abusivo?
Quando uma pessoa se aproveita da vulnerabilidade ou fragilidade da outra, ou tenha qualquer comportamento com a intenção de intimidar, manipular, humilhar, magoar ou ferir o outro, isto pode ser considerado um comportamento abusivo.

Converse, dialogue, se abra!

O relacionamento afetivo envolve uma constante troca de sentimento e crescimento pessoal. Se o casal não estiver em sintonia para resolver questões que podem surgir ao longo do relacionamento através do diálogo, as brigas e os constantes desentendimentos podem acabar minando a relação.

Hiperconectividade

Com um celular na mão e acesso à internet, podemos verificar nossos e-mails, os vários aplicativos de mensagens instantâneas, redes sociais, jogos etc. Não podemos negar, a tecnologia ajuda, e muito, mas nem tudo que reluz é ouro. A hiperconexão excessiva ou precoce pode causar sérios problemas de saúde mental, se a pessoa não souber impor limites e saber o momento de desconectar.

Relacionamento tóxico no ambiente familiar, como identificar?

Quando falamos em relacionamentos tóxicos, logo vem à mente o relacionamento amoroso, entre casais e namorados, certo? Mas, na verdade, o relacionamento tóxico pode estar presente em outros tipos de relação, como no ambiente familiar, por exemplo.

Relacionamentos amorosos à distância funcionam?

Relacionamentos amorosos à distância têm se tornado uma experiência cada vez mais frequente, sobretudo depois do advento da internet. Ao contrário do que sugere o senso comum, estes tipos de relacionamentos não estão fadados ao fracasso. O que todos se perguntam é: como fazer estes tipos de relacionamentos funcionarem? Seguem algumas dicas da psicologia e de quem já passou por esta experiência.

Aborto Espontâneo, Natimorto e Morte Perinatal: lutos não reconhecidos

O luto perinatal é um dos mais cercados de silêncio, isolamento e desinformação. Todo bebê, esteja ainda dentro da barriga da mãe ou não, faz parte de um projeto de vida, de desejos, planos, aspirações, e expectativas dos pais. Nessas horas, é bom procurar um terapeuta especializado em luto, que irá ajudar os pais a expressarem suas emoções e pensamentos, enfrentando essa dor.